Como eternizar as cinzas da cremação

Ritual milenar, a cremação tem se popularizado cada vez mais,  não só no Brasil, mas no mundo. Mas, o que fazer com as cinzas pós-cremação? Importante esclarecer que é possível espalhar as cinzas em locais especiais ou até mesmo enviar os restos mortais da pessoa querida pro espaço sideral.

Antes de mostrar algumas ideias para tornar eterna a presença de um ente querido na terra, cabe comentar como funciona o processo de cremação.

Após o corpo ser liberado para cremação, ele é colocado em uma câmara específica e submetido a um calor extremo potencializado por chamas diretas. A temperatura média é de 1.000 graus Celsius.

O processo de cremação costuma levar até 3 horas, dependendo do peso do corpo, tipo de urna ou recipiente em que o corpo é colocado e temperatura da câmara.

Após esse período, restam alguns fragmentos de ossos e é realizado outro processo, para que os mesmos também se transformem em cinzas. As cinzas são entregues à família em urna própria para cinzas, para que possam eternizar a memória da pessoa amada, da melhor forma.

Entenda os benefícios da cremação

Não ocupa espaço nos cemitérios

O primeiro ponto para entender os motivos pelos quais a cremação tem se mostrado uma alternativa inteligente ao sepultamento tradicional é a dificuldade de ampliar ou criar novos cemitérios. Hoje em dia, se enfrenta o desafio de ter muitas pessoas para sepultar, mas poucas áreas livres destinadas para isso.

Mais econômico

Geralmente o enterro, sepultamento tradicional, é mais barato do que a cremação em um primeiro cálculo. No entanto, ao somar todos os custos envolvidos, a cremação pode se mostrar mais econômica, além de oferecer mais praticidade. Afinal, o sepultamento requer a compra de um jazigo e o pagamento de taxas de manutenção, o que não é necessário após a cremação.

Menos impacto ao meio ambiente

A cremação é um processo mais sustentável do ponto de vista ambiental. É liberado apenas gás carbônico e água. Desta forma, não se contamina o ar. E as cinzas são compostas, praticamente, de cálcio e potássio.

É possível fazer cerimônia de despedida

Ao contrário do que muitas pessoas  pensam, no caso de cremação é possível realizar velório e demais rituais de despedida. As cerimônias e homenagens ocorrem da mesma maneira que nos sepultamentos tradicionais. O que muda apenas é o processo após o velório. Com a vantagem adicional de ser viável eternizar as cinzas de vários modos.

O que fazer para eternizar as cinzas pós-cremação?

Existem várias opções para quem deseja eternizar as cinzas de um ente querido e transformá-las em algo simbólico. Isso pode minimizar o sofrimento e manter viva a memória da pessoa que partiu. Acompanhe ideias para dar um destino às cinzas:

1 . Transformar em uma árvore

Esta transformação traz consigo um grande simbolismo, pois dessa forma, a família e os amigos têm, de alguma forma, a pessoa presente em um ser vivo que fica fisicamente próximo a todos.

Para isso, são usadas urnas biodegradáveis, próprias para receber junto com as cinzas, uma semente com terra e adubo. Assim, a família tem em alguns dias uma planta crescendo e sendo cuidada por todos. No futuro, pode ser um lugar para relembrar e até se reunir ao redor, celebrando alguma data especial na presença de quem se foi.

2 . Jogar as cinzas no mar

Sem dúvida, o mais tradicional destino das cinzas pós-cremação. É que jogar as cinzas no mar pode estar relacionado ao carinho da pessoa que faleceu pelo oceano. Pode também referir-se à ideia de infinitos caminhos que as cinzas podem percorrer pelo mundo.

Dependendo do desejo da família, as cinzas podem ser espalhadas no raso ou fundo do mar. Se for lançada em alto mar, existe a opção de incluir um geolocalizador na urna, feita em um material hidrossolúvel. Essa opção é para que o local em que as cinzas flutuam possa ser localizado após a cerimônia de despedida.

3 . Espalhar as cinzas em um lugar  marcante

As cinzas podem ser  aspergidas nos locais importantes para a vida do falecido. Muitas vezes, em vida, ele elege seus cantos especiais, em que adora usufruir da atmosfera que o alegra. Simplesmente um parque que adorava ir, por exemplo.

O destino das cinzas pode, ainda, ser algum lugar que a pessoa sonhava em visitar, mas que não teve tempo ou oportunidade.

Ou em um  local fora do país. Neste caso, é preciso verificar as autorizações necessárias. Há famílias que escolhem o local onde se realizou a cerimônia de casamento dos pais ou onde os filhos nasceram ou cresceram.

4 . Transformar as cinzas em objetos

Também é possível eternizar as cinzas em objetos, como joias. Assim, pode-se ter sempre a pessoa por perto. Como objeto, é possível transformar as cinzas pós-cremação em diamantes, retratos, ursos de pelúcia, lápis e até num disco de vinil. O propósito é manter a memória viva e ainda se conectar com quem se foi.

5. Guardar as cinzas em casa ou no cemitério

Uma das principais vantagens da cremação é guardar a urna da pessoa que ama em casa, bem próxima da família. Assim, se pode sempre sentir na presença do ente querido e celebrar a vida sempre que possível.

Outra alternativa é deixar as cinzas no jazigo da família ou no columbário. Nos cemitérios, existem espaços específicos destinados a isso. Família e amigos também podem visitar com frequência e realizar suas orações.

6. O tempo na ampulheta

Este objeto é usado para medir o tempo, e pode ser feito com madeira, plástico ou vidro. A areia é substituída pelas cinzas da cremação.

7. Quadros pintados com a cinza de cremação

Um quadro pintado com as cinzas do familiar querido é uma das homenagens mais significativas que se pode fazer em caso de cremação. O quadro pode se tornar uma herança importante na família. E ser passado a cada geração, não deixando a história da pessoa ser esquecida com o passar dos anos.

8. O espaço é o limite

Há alguns crematórios que oferecem o serviço de mandar as cinzas resultantes da cremação para o espaço. Em parceria feita com empresa norte-americana, o procedimento existe desde 1997 e demanda um investimento maior. Fato é que as cinzas podem até ser lançadas na órbita terrestre, na superfície ou na órbita lunar.

Grupo São Judas Tadeu: acolhimento e profissionalismo

Com mais de 40 anos no mercado de serviços funerários, o Grupo São Judas Tadeu oferece à família todo acolhimento e suporte necessários para propiciar que o último adeus ao ser amado seja o mais tranquilo possível.

Entre os serviços oferecidos pelo crematório São Judas Tadeu estão a cerimônia de despedida, assessoria para obter a documentação necessária para a cremação e a urna padrão para armazenar as cinzas. De posse das cinzas, a família pode escolher a melhor forma para eternizar as cinzas da cremação.

Você sabia que é possível contratar, em vida, um plano de cremação? O Grupo São Judas Tadeu oferece planos de cremação, com coberturas especiais.

Preencha com seus dados para baixar este material: