Animais de estimação: Que grandes lições esses amigos nos ensinam?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Quem tem um pet em casa sabe que a relação entre os humanos e os animais de estimação vai muito além das brincadeiras e passeios pelas ruas. Companheirismo, amor, troca, carinho e cumplicidade constroem um laço forte de amizade incondicional.

Quando os animais de estimação morrem, quem compartilhou tantas lições e ensinamentos com eles fica na dúvida do que fazer com os corpos. Por isso, a cremação pet vem sendo cada vez mais difundida e utilizada. Neste artigo vamos abordar este relacionamento rico de boas experiências e mostrar como funciona o processo após a partida do bichano.

Animais de estimação e seres humanos: aprendizado mútuo

As pessoas que optam por ter animais de estimação, seja um gato, um cachorro ou uma calopsita, sabem quão rica é a relação que se estabelece entre eles. Por serem considerados animais racionais, os seres humanos muitas vezes pensam que vão ensinar tudo para o bichinho.

Mas depois de um tempo, concluem que no dia a dia ocorre um aprendizado mútuo. Um ensina o outro durante o tempo todo. Estas lições são valiosas e trazem uma sensação positiva de segurança, bem-estar e autoestima. É fácil notar como há possibilidades interessantes de conseguir companhia no reino animal.

Há séculos, os cachorros são os animais de estimação preferidos. A proximidade entre os homens e os cães vem ao longo do tempo sendo marcadas por atitudes e vivências que só fazem bem.

Tanto é que existem os cães guias que são treinados para acompanhar as pessoas cegas, sendo os olhos que eles não têm. Nestes casos, os animaizinhos recebem um adestramento diferenciado e minucioso ainda quando são filhotes.

Trata-se de um treinamento específico sobre obediência e sobre o poder de comunicação estreita com seus futuros donos.

Amigos pra toda hora

Enquanto os humanos ajudam seus melhores amigos pets a caminhar, fazer suas necessidades fisiológicas em locais apropriados e brincar, estes ensinam muito sobre lealdade, companheirismo e afeto. Os cães não se separam dos seus donos nem por um instante, mesmo nas situações mais difíceis.

Já reparou que até os moradores de rua costumam ter seus companheiros de quatro patas na sua jornada? Estes não os abandonam nunca, nem sob a chuva ou em ocasiões de fome e doença.

É um amor único que une os seres humanos e os animais de estimação. Um relacionamento que não se esgota em algumas abanadas de rabo quando o dono, ao chegar em casa, encontra seu melhor amigo

Dizem que quem tem um cão jamais estará sozinho. É verdade. Os animais de estimação exercem um papel fundamental na vida das pessoas. Porque têm a capacidade de entender tudo que acontece ao seu redor. E sem a necessidade da linguagem oral. O apoio e a amizade são demonstrados através do olhar, do olfato e da audição.

Cremação pet, homenagem e respeito às boas lembranças

No início deste artigo, comentamos sobre o laço forte que se estabelece entre os donos e seus animais de estimação. Quando esse laço é desatado pela morte do pet, algo se despedaça no coração de quem fica.

Para dar um final digno a quem proporcionou tão bons momentos durante a vida, a cremação é uma alternativa viável e capaz de eternizar as boas lembranças. É uma homenagem bonita e cheia de afeto, assim como foi a relação antes da partida.

O processo chamado de cremação pet é similar ao que ocorre quando o corpo dos seres humanos é incinerado. O que muda é a possibilidade de realizar uma cremação coletiva, ou seja, o bicho é cremado juntamente com outros animais.

As cinzas podem ser devolvidas aos donos em urnas personalizadas. O Grupo São Judas Tadeu oferece o serviço de cremação pet em parceria com o Garden PET – Crematório Animal, para Videira e região.

Saiba mais sobre cremação pet e guarde as boas lembranças do seu melhor amigo!