Como enfrentar o período de luto de forma mais fácil

Só quem já passou sabe. Seja por morte, fim de um longo relacionamento amoroso e mesmo uma perda gestacional, enfrentar o período de luto é preciso. Mas isso não quer dizer que não seja um caminho difícil. A dor é profunda e a tristeza também. Mas há formas para se fazer isso de uma maneira menos dolorosa e com mais tranquilidade. Acompanhe!

O luto ainda é um tabu. Por mais que os avanços tecnológicos andem a passos largos e cada vez mais rapidamente, entender e aceitar a perda contínua é um dos grandes desafios da humanidade. 

Por que comigo? Como viver sem a pessoa amada? O que preciso fazer para seguir em frente? Todos estes são questionamentos comuns e que, muitas vezes, ficam sem respostas.

Não temos a ambição de responder a estas dúvidas. Mas podemos amenizar os sentimentos negativos que afloram nesses momentos. Porque uma coisa é certa: Sair sozinho de uma situação difícil é mais complexo do que quando podemos contar com um apoio, seja de alguém que amamos ou uma ajuda especializada.

Mas, afinal, como enfrentar o período de luto, continuar a viver e superar a perda?

Distração e aconchego

Você sabia que há diversos filmes para refletir sobre o luto? Você pode contar com esta ajuda indo ao cinema ou assistindo em casa, de preferência acompanhado. Além de se distrair durante mais de uma hora, há algumas produções que contribuem para a superação da dor. 

Vendo como outras pessoas lidaram com suas perdas, percebemos que não somos os únicos a passar por uma situação de luto. Um romance, uma aventura e até mesmo um drama podem fazer a diferença no seu estado emocional. 

Procure com calma, leia a sinopse, veja o que dizem os críticos. Desta forma, provavelmente, você vai achar um filme bem especial. E que realmente ajude sem te colocar mais para baixo ainda. 

Cultive bons hábitos

Curtir alguns momentos a sós, fazer uma atividade física que você goste, se matricular naquele curso que você sempre quis e nunca teve tempo e retomar bons hábitos podem ajudar a lidar com o luto!

Tudo isso pode parecer simples e que não vai mexer ponteiro. Mas acredite! Voltar a tocar um instrumento musical que você abandonou ainda na infância, ter aulas de pintura sobre tela, participar de um grupo de teatro ou se envolver numa causa humanitária podem ser iniciativas que, aos poucos, vão trazer felicidade e conforto. 

Criar novos hábitos também é uma boa saída! Visitar pessoas queridas que você não vê faz tempo, se dedicar a uma nova tarefa profissional ou plantar algo no seu próprio quintal são ações que ajudam a cultivar bons momentos e certamente farão você se sentir mais útil. Experimente!

Bons companheiros

As obras literárias são companheiras nos momentos bons ou ruins. Uma boa história, crônicas leves, um romance bem estruturado, experiências científicas e até um livro dedicado ao universo infantil trazem conhecimento e acalmam o coração.

Procure indicações de livros para aceitar melhor a morte e vivenciar o luto. Mesmo que você não consiga se concentrar totalmente, insista. A leitura é um passatempo agradável e leva sua mente para outros lugares que não a saudade, a frustração e o desânimo. 

Lembre-se, ainda, das poesias, dos livros de autoajuda e dos religiosos, independentemente da sua crença. As biografias também são uma boa pedida.

Grupo de apoio

Da mesma forma que os alcoólatras podem contar com o AA (Alcoólicos Anônimos), os viciados em drogas com o NA (Narcóticos Anônimos) e assim por diante, existem também grupos de apoio que são um forte aliado para enfrentar o luto. 

Você sabe como funciona o Grupo Amor e Cura? Trata-se de um grupo de apoio no luto que orienta as pessoas neste processo de transição que sabemos ser bastante doloroso e desafiador. Para sair do estado de sofrimento e retomar a vida que você tinha antes, é necessário passar pelas várias fases que o luto impõe. 

De uma forma muito simples, a ferramenta utilizada é o whatsapp. Você receberá mensagens de ânimo, pensamentos, mensagens de otimismo e vídeos.

Gostou? Então, leia também como os animais de estimação podem ajudar a superar o luto!

COMENTÁRIOS