Séries sobre perda e luto: Entretenimento que ajuda a superar

Assistir a um bom filme na TV pode ajudar a amenizar a tristeza na medida em que mostra outras pessoas que estão passando pelo mesmo tipo de situação. Da mesma forma, as séries sobre perda e luto contribuem para distração, entendimento e aceitação.

Entretenimento para superar a dor de uma morte na família? Como assim? Morre alguém que eu amo e eu vou me divertir? Não é bem isso. O que queremos dizer é que a angústia, a saudade e a solidão que abatem a gente quando perdemos alguém que amamos podem ser substituídas por outras emoções menos negativas.

Se você prefere ficar sozinho nos momentos de dor, assista sozinho. Ou chame alguém que você ame para sentar no sofá com você. Mesmo que a princípio você não tenha muita vontade, faça pipocas. E bom filme! Ou melhor, boa série!

Séries sobre perda e luto: 5 Opções para escolher a que mais te agrada

  • O Método Kominsky

Se você gosta do ator Michael Douglas, não pode perder a série O Método Kominsky. Ele vive um professor de teatro que é o personagem principal da produção. Sua missão é ajudar seu melhor amigo, Norman, a se recompor após a morte de sua companheira. 

O texto inteligente somado a atuações primorosas fazem desta comédia uma boa opção para quem procura entretenimento. Premiada com o Globo de Ouro, a série tem ainda no elenco: Alan Arkin, Nancy Travis e Danny De Vitto.

  • Everwood

O enredo de Everwood mostra a vida de Andy Brown. Ele é um médico, interpretado por Treat Williams e que se muda para uma cidade pequena. Viúvo, ele acredita que a mudança para Everwood, no Colorado, vai ajudá-lo a compreender melhor um sentido para sua vida. 

São quatro temporadas nas quais você vai ficar sabendo que até o falecimento da esposa, Julia, o Doutor Andy achava que sua carreira de neurocirurgião era a coisa mais importante da vida dele. A partida dela altera por completo a vida dele. Os dois filhos, por exemplo, passaram a sentir muito mais a necessidade da presença dele. Os conflitos familiares permeiam toda a produção.  

  • Disque Amiga para Matar

O título em português é uma brincadeira com o famoso filme de 1954, Disque M para Matar, de Alfred Hitchcock. Esta série é uma produção do também ator Will Ferrell. Trata-se de uma história que reúne, ao mesmo tempo, humor e suspense. 

Duas atrizes se conhecem num grupo de apoio para pessoas que estão passando pelo luto. Por estarem vivendo situações parecidas acabam se tornando muito amigas. Porém, ocorrem fatos que impedem que essa amizade se fortaleça ainda mais. 

  • A História de Deus

Esta série pode até ser considerada um documentário. O ator Morgan Freeman viaja para uma série de países e faz entrevistas. Sempre abordando temas interessantes, entre eles, vida após a morte, a criação do universo e o apocalipse.

Perdas quase sempre estão relacionadas à fé, à religião e às crenças de cada pessoa. A série a História de Deus mostra como várias religiões têm moldado o mundo há séculos. Se você escolher esta série, será possível ver lugares considerados sagrados, opiniões de diversos líderes religiosos, cientistas e historiadores. 

  • The Big C

Cathy, interpretada pela atriz Laura Linney, começa uma nova vida quando descobre que está com câncer. A gravidade da doença faz com que ela decida vivenciar algumas coisas que sempre quis, mas sempre foi adiando. 

Ela é professora e por um tempo decide não contar sobre seu quadro de saúde para a família. Gradativamente, ela vai contando e fazendo o tratamento recomendado. 

São quatro temporadas e o enredo vai passando pelas várias fases do luto, da raiva e negação até a aceitação. The Big C aborda também a depressão, doença que pode acometer quem passa por episódios similares. 

 

Claro que não faz bem a ninguém ver a protagonista nos últimos estágios do câncer e internada. Mas a série traz lições importantes para quem precisa encarar a perda de um ente querido. 

Confira também em nosso blog Dor e Cura, alguns livros que podem ajudar a vivenciar o luto por meio da reflexão sobre o tema!

COMENTÁRIOS