Exercícios que ajudam a aliviar a dor da perda

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Você sabia que praticar exercícios também preserva e equilibra nosso estado emocional quando estamos de luto? Quando praticamos um esporte ou nos exercitamos, nosso organismo libera endorfina e a serotonina, santos remédios para fornecer a sensação de bem-estar. É desta forma que conseguimos aliviar a dor da perda.

Há várias atitudes e iniciativas que ajudam a aliviar a angústia quando perdemos um ente querido. Conversar com pessoas que gostamos, assistir a um filme que nos distraia e ler bons livros contribuem para arejar a cabeça e acalmar o coração abatido.

O luto é um processo com várias etapas. Todas devem ser vivenciadas. Cada uma no seu tempo. Aos poucos, vem a aceitação, seguida da força pra seguir em frente e transformar toda aflição numa saudade que alimenta a alma.

Cuidado para, no luto, não deixar o corpo em segundo plano

Como a tristeza é profunda no período que segue após a morte de um familiar, existe uma tendência de pensarmos em proteger a mente, deixando o corpo em segundo plano. Mas isso é um erro.

Precisamos estabelecer a prática de atividade física também como uma das  prioridades. Afinal, os exercícios físicos podem agir como um bálsamo quando estamos passando pelas etapas do luto.

Eles promovem a saúde mental e maior serenidade para administrarmos os sentimentos e emoções. Cada pessoa sente o fato de maneira diferente. E é preciso descobrir qual tipo de atividade física será mais adequada para se sentir melhor.

Pode ser jogar bola, correr, caminhar, nadar, jogar tênis, lutar ou dançar. Você escolhe. E em pouco tempo, começa a perceber que seu melhor condicionamento físico, que age como um aliado em qualquer processo de cura, funciona bem também no luto.

Por meio do exercício, somos mais capazes de nos reconectar à vida e à rotina que tínhamos antes da morte de alguém que amávamos. A atividade física ajuda no controle de peso, protege de doenças cardíacas, previne diabetes e colesterol e, no mínimo, melhora o sono.

Como aliviar a dor por meio dos exercícios físicos?

A prática de exercícios regulares, ou seja, de 3 a 5 vezes por semana, durante cerca de 50 minutos, pode reduzir sintomas de depressão em apenas 4 semanas. Pensando nisso, vale a pena deixar o desânimo de lado – sem desrespeitar seu momento de dor e a vontade de ficar só, também comum neste período -, e tentar fazer um plano de exercícios.

É nos momentos de fragilidade, que estamos mais propensos a precisar da força e do estímulo, próprios aos treinamentos físicos. Quando não os fazemos, o corpo ressentido pode apresentar dores e sintomas como:

  • Fadiga;
  • Insônia;
  • Enjoo;
  • Irritação intestinal;
  • Aperto (angústia) no peito;
  • Falta de ar;
  • Fraqueza muscular;
  • Falta de apetite.

O processo de luto é complexo na medida em que diversos fatores emocionais são desencadeados. A tristeza, às vezes a culpa, a solidão em alguns casos, uma certa confusão mental se revezam no dia a dia nos trazendo ainda mais desconforto. Por isso, é preciso aproveitar dos benefícios consequentes da atividade física.

Dicas finais

  • Em luto, não se esqueça do poder da meditação. Ao meditar, a mente enriquecida por uma respiração mais profunda e regular processa melhor a mágoa, a melancolia e a prostração.
  • Antes de se decidir por um esforço físico, consulte um médico. O ideal é você dar uma olhada como vai a sua saúde em geral e perguntar sobre qual atividade você pretende fazer e quais as recomendações dele.
  • Lembre-se de algo que gostava de fazer na sua adolescência ou juventude. Jogar vôlei com os amigos da escola te dava prazer? Quem sabe aí está uma alternativa interessante pra você mexer o corpo.
  • Os esportes coletivos podem ser legais pro seu período de luto. Não hesite em pedir a companhia de quem você gosta pra ter mais motivação para praticar exercícios físicos.
  • Reze! A oração tem poder. Independentemente de religião A ou B. Respirar fundo, manter a mente quieta, falando ou mentalizando palavras positivas faz bem demais. E vai te ajudar a superar o luto.

Veja nossa sugestão de filme que é uma lição de vida e otimismo!

Você e sua familia vivendo com tranquilidade

Já conhece o Plano São Judas Tadeu?
Deixe seus dados que entraremos em contato com você, para tirar suas dúvidas.